PARA RECEBER NOSSA NEWSLETTER CADASTRE-SE AQUI

CONTATO

31 3222.0259 mapa
Rua da Bahia, 1900, 4º andar, Lourdes - Belo Horizonte
31 3335.8560 mapa
Av Olegário Maciel, 1600. Lourdes Shopping Diamond Mall - Belo Horizonte
25 jul 2013

Hérnia de disco mais comum de 20 a 40 anos

A dor traz a sensação de choques elétricos pelo corpo e pode causar formigamento e até dificuldade na movimentação de pernas e pés. A hérnia de disco lombar é um problema mais comum entre os adultos jovens, de 20 a 40 anos, pois, nesta idade, é comum a ruptura do disco lombar em atividades rotineiras, como levantar um peso, ficar muito tempo sentado ou trocar um móvel de lugar. Na maioria das vezes, o problema pode ser contornado com medicamentos. Mas, como explica o neurocirurgião Eduardo Iunes, há casos em que é preciso fazer uma cirurgia para aliviar a dor e prevenir sequelas neurológicas.

 Divulgação

O que é uma hérnia de disco?

É quando ocorre uma herniação do disco, ou seja, quando o amortecedor que se situa entre as vértebras da coluna é empurrado para fora da sua posição normal. A hérnia de disco seria um problema menos importante, se não fossem os nervos espinhais, que estão localizados muito próximos da borda desses discos intervertebrais, que tornam-se mais rígidos com a idade. À medida que o disco da coluna torna-se menos elástico, ele pode se romper. Quando há a ruptura de um disco vertebral, uma porção do disco é empurrada para fora do seu limite normal: isto é, uma hérnia de disco. Quando uma hérnia de disco estende-se para fora, entre as vértebras, os nervos da coluna vertebral e da medula espinhal podem ficar comprimidos, presos.

O que provoca o problema?

A hérnia de disco pode ocorrer de repente, devido a um evento especial, como uma queda ou um acidente, ou pode ocorrer gradualmente com o esforço repetitivo da coluna vertebral. É uma patologia de alta incidência na população de adultos jovens, entre 20 e 40 anos, pois, nesta idade, é comum a ruptura do ânulo fibroso (porção externa do disco) em atividades rotineiras, como levantar um peso, ficar muito tempo sentado, trocar um móvel de lugar, entre outros.

Quais são os sintomas?

Quando a medula espinhal ou os nervos espinhais se comprimem, eles não funcionam corretamente. Os sintomas mais comuns são dores de choque elétrico (nas pernas ou nos pés), formigamento e dormência, fraqueza muscular e problemas de intestino ou bexiga. A ciatalgia ou dor ciática se inicia na região lombar ou glútea e se irradia pela face posterior da coxa, perna e pode chegar até o pé.

Como é feito o diagnóstico?

Na maioria das vezes, pode ser por meio de um exame físico, através dos testes de sensação, força muscular e dos reflexos. A ressonância magnética é também comumente usada no diagnóstico, que só é útil em conjunto com os resultados do exame físico, pois é comum que uma ressonância magnética da coluna lombar apresente anomalias, especialmente em pessoas de idade avançada.

Como é o tratamento?

Depende de uma série de fatores, como os sintomas apresentados, idade e nível de atividade física do paciente. Na maioria das vezes, o tratamento de uma hérnia de disco começa de maneira conservadora, com descanso, modificação de atividades e aplicações de gelo e calor. Fisioterapia e exercícios de estabilização lombar podem estabilizar os músculos da coluna, diminuindo a carga e minimizando o risco de lesões aos nervos e ao disco vertebral. Também há uso de medicamentos.

Quando a cirurgia é necessária?

Pode ser recomendada logo após a lesão, se há um déficit neurológico significativo, se os pacientes têm fraqueza significativa ou se os sintomas progridem rapidamente. A cirurgia é realizada para remover a hérnia de disco e liberar espaço ao redor do nervo comprimido. Dependendo do tamanho, da localização da hérnia e dos problemas associados, a cirurgia pode ser realizada por várias técnicas.

Fonte: A GAZETA