PARA RECEBER NOSSA NEWSLETTER CADASTRE-SE AQUI

CONTATO

31 3222.0259 mapa
Rua da Bahia, 1900, 4º andar, Lourdes - Belo Horizonte
31 3335.8560 mapa
Av Olegário Maciel, 1600. Lourdes Shopping Diamond Mall - Belo Horizonte
26 abr 2016

Atividade física e Alzheimer

Sabe-se que o exercício regular pode evitar uma longa lista de problemas de saúde, como: doenças cardíacas, diabetes, osteoporose e imobilidade. Agora parece que os benefícios se estendem a pessoas com doença de Alzheimer. Pesquisadores finlandeses concluíram que o exercício regular pode reduzir o risco de quedas e retardar a deterioração da função física. O estudo, publicado na revista JAMA Internal Medicine, descobriu que pessoas com a doença de Alzheimer que participaram de uma hora de exercício supervisionado duas vezes por semana, apresentaram deterioração mais lenta da condição física do que pessoas com Alzheimer que não se exercitaram. A prática do exercício tinha que ser mantida por pelo menos um ano para ser eficaz. Pacientes com Alzheimer que se exercitaram também tinham muito menos incidência de quedas do que aqueles que não se exercitam, reduzindo os custos globais de saúde.

Este é um bom lembrete da importância da manutenção da aptidão física e da boa saúde, bem como, para proteger a mobilidade e a independência.